Árvores - Flor de Mimosa (Acacia dealbata)

A Mimosa é uma árvore originária do Sudeste da Austrália e da Tasmânia. Foi introduzida em Portugal no século XIX para fixação dos solos no litoral mas tornou-se rapidamente numa espécie invasora de Norte a Sul do País.
O período da sua floração é de Janeiro a Março. As suas flores amarelas, como as que podemos ver na foto, deixam um agradável aroma no ar muito característico deste período.
Por não ser uma espécie autóctone e por ser resistente a todos os tipos de solos e climas, o seu rápido crescimento impede o desenvolvimento de espécies de árvores locais.
Read more »

Plantas - Camomila-vulgar (Matricaria recutita)

A camomila-vulgar, também conhecida como matricária ou camomila-alemã, é uma planta herbácea que inicia a sua floração nos meses de Janeiro e Fevereiro e dura até ao final do Verão.
É comum encontrá-la nos campos agrícolas deixando um aroma doce no ar.
Entre outras coisas esta planta pode ser usada em medicina, aromaterapia, estética e ornamentação. Por exemplo, as flores da camomila devido à sua acção anti-inflamatória podem ser usadas no tratamento de queimadoras solares, cólicas, conjuntivite, insónia, diarreia, etc.
Read more »

Borboletas - Lagarta de Borboleta Cauda-de-Andorinha (Papilio machaon)


Esta lagarta alimenta-se principalmente de plantas herbáceas, selvagens ou cultivadas, sobretudo a arruda e o funcho.
O Outono é a estação do ano onde é mais fácil observa-la, sendo os meses de Fevereiro a Dezembro os mais indicados para se avistar o adulto.
Read more »

Plantas - Bico-de-cegonha (Erodium cicutarium)

Esta planta herbácea também conhecida como Bico-de-cegonha, é uma das primeiras a colorir os campos com as suas flores.
É uma planta comum no Norte de Portugal, sendo frequente encontrá-la em campos agrícolas. Inicia a sua floração em Fevereiro e dura até Agosto.
Read more »

Paisagem - Encosta da Serra do Caramulo com neve

Vista sobre numa encosta da Serra do Caramulo coberta por neve.
Ao longo do Inverno de 2008-09 a queda de neve tem sido frequente possibilitando bonitas paisagens.
Read more »

Aves - Pisco-de-peito-ruivo (Erithacus rubecula)

O Pisco-de-peito-ruivo é um passeriforme bastante comum na nossa fauna e pode ser encontrado ao longo de todo o ano. A sua principal característica é uma mancha alaranjada que apresenta no peito.
A base da sua alimentação são pequenos insectos durante o Verão e pequenas sementes e frutos durante o Inverno.
Read more »

Odonatos - Libelinhas (Calopteryx virgo)

As libelinhas pertencem à ordem dos Odonatos, caracterizam-se por possuírem corpo alongado, dois grandes olhos e dois pares de asas com uma densa estrutura nervosa.
A base da sua alimentação são os insectos tais como moscas, abelhas, borboletas e até outros Odonatos mais pequenos.
O macho desta espécie é azul-metálico enquanto que a fêmea é verde-brilhante.
Read more »

Followers

There was an error in this gadget